A fertilidade é o fator mais importante no gado de cria, com maior impacto econômico na atividade e por isso passa a ser um dos principais critérios na decisão de compra de sêmen do produtor. A IATF cresceu muito no Brasil, com isso a pressão por touros de alta fertilidade também. O Fertility Plus é o produto indicado para maximizar a fertilidade do sêmen.

    Fertility Plus é o sêmen heterospérmico, ou seja, contém o ejaculado de três touros diferentes em uma mesma dose inseminante.

    O sêmen heterospérmico é utilizado em suínos e aves há mais de 30 anos, a ABS trabalha com esta tecnologia em bovinos desde 2004 na Europa e Estados Unidos. Aqui no Brasil, já comercializamos o Fertility Plus desde 2009.

    A vantagem do Fertility Plus frente ao sêmen convencional:

    • Diminuição da variabilidade entre touros e partidas
    • Complementariedade de plasma seminal, propiciando um ambiente melhor ao espermatozóide
    • Maior tempo de viabilidade dos espermatozóides viáveis no trato reprodutivo, pelo efeito da capacitação espermática, onde o Fertility Plus garante populações homogêneas de espermatozóides de capacitação lenta, média e rápida

    Para o Brasil, na formação do grupo de touros, é necessário selecionar aqueles de melhor fertilidade laboratorial, bem como características genéticas semelhantes, para conseguir uma produção mais homogênea.

    O Fertility Plus não garante maiores taxas de prenhez comparado a qualquer touro, principalmente quando temos um ambiente favorável à concepção:

    • Vacas em bom escore corporal e balanço energético positivo
    • Equipe operacional experiente
    • Sêmen de fertilidade comprovadamente superior à média
    • Sanidade, nutrição e manejo adequados

    O Fertility Plus dá maior segurança nos resultados de concepção, por isso é indicado para uso em situações de maior desafio, como:

    • Primíparas
    • Vacas com baixo escore corporal e/ou balanço energético negativo
    • Lotes grandes (acima de 200 vacas)

    O resultado do Fertility Plus a campo foi medido pelo Grupo IATF da ABS Pecplan, que onde podemos comparar, sem detalhar variáveis, a média de prenhez entre o sêmen heterospérmico e o convencional:



    Fale com o responsável por esta área

    Marcelo Selistre

    Gerente de Produto Corte Europeu
    1
    Fechar Image Map Clique e adquira