13/10/2016


    ABS Pecplan e Fazenda Brasil vão avaliar eficiência alimentar de animais de cruzamento

    Parceria firmada esta semana tem como objetivo avaliar o desempenho de animais F1, em busca de uma genética mais lucrativa


    Por Faeza Rezende, assessora de imprensa da ABS

    A ABS, líder mundial em genética bovina, acaba de firmar uma parceria com a Fazenda Brasil, em Barra do Garças (MT), uma das propriedades referência em cruzamento industrial no país. Pelo acordo, serão avaliados individualmente animais a campo por meio de um moderno sistema de controle de eficiência alimentar.

    Pelo cronograma de trabalho estabelecido pela parceria entre as duas empresas, a expectativa é que ainda este ano as avaliações comecem. A intenção inicial é que 384 animais passem pelo sistema anualmente. Para as análises, serão utilizados equipamentos de medição da Intergado. Serão analisados os desempenhos de progênies F1 (nelore x Angus), tricross e nelore.

    "É uma fazenda muito bem vista no mercado, tem uma grande confiabilidade nos dados que gera, porque trabalha com um grande volume de animais e ao mesmo tempo desenvolve um trabalho eficiente na coleta de informações, uma das poucas que realmente conseguem fazer isso. Então, agora, iremos aprofundar esse trabalho de medição e trazer esses dados reais de campo e correlacionar geneticamente, para contribuir para o futuro da pecuária nacional", comenta Marcelo Selistre, gerente de Produto Corte Europeu da ABS Pecplan.

    A busca por genética que apresente eficiência alimentar adaptada às condições do sistema de produção sempre foi uma bandeira levantada pela ABS. Uma iniciativa pioneira do gênero foi desenvolvida com o Circle A, nos Estados Unidos, onde é responsável por 60% dos dados da Associação Americana de Angus.  Desde 2012, com sucesso, a ABS também desenvolve o teste alimentar de nelore no Brasil em parceria com o Rancho da Matinha.

    "Ter um sistema sofisticado de mensuração de desempenho individual para eficiência alimentar em uma fazenda do mundo real em cruzamento é pioneiro e único. E poder ter a Fazenda Brasil conosco nesta iniciativa é ainda mais valioso, pois, além de ser uma referência, a fazenda possui dados de custos de produção e manejo excepcionais, e nossa relação já era baseada no sucesso do uso da genética ABS na fazenda", comenta o gerente de Mercado da ABS Pecplan, o zootecnista Frederico D. Glaser, completando: "como nada acontece do dia para noite, esta parceria foi oficializada através de um contrato de cooperação de 10 anos entre a ABS e a Fazenda Brasil, o que mostra o quanto acreditamos neste projeto".

    Na Fazenda Brasil, já era desenvolvido um trabalho de coleta de dados interno. "Mas observamos que adotar as Deps da raça pura para o cruzamento nem sempre funciona", explica Rogério Fonseca Guimarães Peres, proprietário da seleção, acrescentando: "A nutrição é, hoje, o grande gargalo. E a eficiência está sendo buscada em todo lugar. Encontrar uma genética mais eficiente vai garantir o aumento do lucro em todo do sistema. Vai refletir diretamente em quilo de carne produzida".

    Vale destacar que a Fazenda Brasil está completando 10 anos em 2016, sendo que, desde 2008, 100% do rebanho é inseminado. Atualmente, são 18 mil matrizes na propriedade, todas controladas individualmente. O ciclo é completo: cria, recria e engorda em confinamento. "Ficamos felizes em fazer parte desse projeto. Acreditamos em tecnologia e temos certeza que a pecuária tem muito espaço para conquistar com a utilização dela", comemora Rogério Fonseca.




    Novidades ABS

    1