25/05/2018


    ABS comemora conquista do Brasil como país livre de febre aftosa com vacinação


    País poderá ocupar uma nova posição de destaque no mercado internacional de carne

    Nesta quinta-feira (24), a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) certificou o Brasil como país livre da febre aftosa com vacinação, representando um momento histórico para a pecuária de corte nacional. Com a certificação, o país poderá ter acesso a novos mercados, aumentando as exportações de carne.

    Para o coordenador de comércio exterior da ABS, Rodrigo Moraes, a novidade significa muitas novas oportunidades para a comercialização de carne brasileira no mercado internacional. "A ABS tem muito interesse na abertura de novos protocolos que farão uso dessa nova demanda para exportar. Essa certificação nos dá mais abertura para comercializar nossos produtos", considera.

    A OIE já considerava a maior parte do território brasileiro como livre da doença altamente contagiosa que afeta bovinos, ovinos, caprinos e suínos. Agora, a certificação oficial foi estendida para todo o país, consolidando o Brasil como um agente de relevância no mercado da pecuária de corte mundial e eliminando o receio de alguns países, como o Japão, que evitavam importar a carne brasileira pelo risco de contaminação com a doença.

    A partir de agora, a perspectiva é conquistar a certificação de país livre da febre aftosa sem vacinação. Nesse contexto, esta primeira conquista é apenas o início de um potencial crescimento do mercado de exportação de carne nacional. "A certificação é muito importante, e a vacinação é um primeiro passo fundamental. Agora, a tendência será reduzir gradualmente a necessidade da medicação para que o Brasil tenha cada vez mais destaque no mercado internacional", afirma Rodrigo.




    Novidades ABS

    1