24/08/2018


    Bateria Gir Leiteiro da ABS tem qualidade confirmada após primeira avaliação genômica de vacas jovens e adultas da raça


    Resultados foram divulgados no decorrer da ExpoGenética 2018

    Como parte da programação da ExpoGenética 2018, foi divulgada a primeira avaliação genômica de fêmeas adultas e jovens da raça Gir Leiteiro. Com o resultado, diversas vacas com genética ABS ficaram em destaque, consolidando a qualidade da bateria da raça na empresa.
    O gerente de Produto Leite Tropical da ABS, Fernando Rosa, acompanhou a avaliação no Parque Fernando Costa, em Uberaba (MG). Para ele, o momento é de confirmação do alto nível da genética dos animais Gir Leiteiro da ABS.
    "Para nós, é muito gratificante identificar fêmeas jovens e adultas que são mães, irmãs maternas, ou mesmo irmãs inteiras, dos nossos touros. É o caso da Uvedália, que é mãe do Lexus; a Araçá da Calciolândia, mãe do Juro; a Fafá, mãe do Fabuloso; a Luzíada, mãe do Diamante; e a Haydee, que é mãe do Oscar. Isso confirma sem dúvidas a qualidade da nossa bateria", diz Fernando.
    O pesquisador Marcus Vinícius também esteve presente para a apresentação dos resultados da primeira avaliação. Ele explica que os resultados podem ser um divisor de águas para a raça.
    "A ideia de se fazer esse catálogo é obter um direcionamento em relação à seleção de fêmeas, ou seja, identificar quais delas têm potencial para se tornarem mães de touros. Ao verificar os valores genômicos dessas vacas, percebemos que um grande número delas tem esse potencial. Agora, a gente tem a possibilidade de, já no nascimento do indivíduo, saber o potencial produtivo desse animal, seja na produção de leite, seja na geração de machos e fêmeas de grande qualidade", descreve.




    Novidades ABS

    1